,!--BING Your SEO optimized title-->
Injeção Eletrônica como Funciona

Injeção Eletrônica como Funciona

Injeção Eletrônica como Funciona

A Injeção Eletrônica é responsável em levar o combustível para o motor, além de manter análises frequentes e impedir o mal funcionamento. Essas análises são feitas através de sensores que enviam sinais elétricos para a Unidade de Controle Eletrônico (U.C.E.), este por sua vez, monitora o funcionamento e o controle dos atuadores, para alcançar o ponto perfeito para a ignição funcionar.

Injeção Eletrônica 2

Injeção Eletrônica e o Meio Ambiente

Atualmente a maioria dos veículos, são fabricados com o sistema de injeção eletrônica, essa demanda foi necessária, para contribuir com o meio ambiente, reduzindo a emissão de gases poluentes, que afetam diretamente a camada de ozônio.

 

Economia com a Injeção Eletrônica

O sistema de Injeção Eletrônica permite uma mistura quase perfeita de ar e combustível, chamado de estequiométrica, isso representa economia de combustível e também melhor desempenho do motor e da dirigibilidade.

 

Pontos Estratégicos no Motor

Dentro do motor em vários pontos estratégicos, estão espalhados sensores, que baseados em informações memorizadas, comandam os atuadores, dispostos também em locais estratégicos no motor, esta ação é feita dezenas de vezes por minuto, de acordo com os movimentos da cambota ou veio de manivelas, como virabrequim, eixo de manivelas ou árvore de manivelas, como é conhecido no Brasil.

 

Partes da Injeção Eletrônica

A Injeção Eletrônica é composta de vários componentes, sendo que o principal deles, é conhecida como Central, é neste local, em que ficam armazenadas as informações, como os parâmetros de fábrica e os cálculos necessários para gerenciamento do motor, alimentação e ignição, já os demais componentes são chamados de Sensores e de Atuadores.

Injeção Eletrônica

O que são Sensores

Sensores são componentes responsáveis em captar informações para a Central, como movimentos, pressões, entre outros e transformá-los em sinais elétricos, para que a Central analise e escolha qual a melhor estratégia a ser implantada.

 

Quais são os Sensores

Os Sensores são:

Sensor de Posição da Borboleta de Aceleração, Sensor Temperatura Líquido de Arrefecimento,  Sensor Temperatura do Ar, Sensor Pressão do Coletor, Sensor Rotação, Sensor Detonação, Sonda Lambda ou Sensor Oxigênio.

 

O que são Atuadores

Atuadores são componentes responsáveis pelo recebimento de sinais elétricos provenientes da Central, para controlar  as reações do motor.

 

Quais são os Atuadores

Os Atuadores são:

Injetores, Bobinas, Motor Corretor Marcha Lenta ou  Motor de Passo, Bomba de Combustível, Válvula Purga Canister, Eletroventilador de Arrefecimento, e Luz Avaria do Sistema.

Injeção Eletrônica 4

Manutenção da Injeção Eletrônica

É importante que sempre seja feita manutenção preventiva no veículo, afim de evitar danos ou gastos desnecessários e que muitas vezes poderiam ter sido evitados, é só ficar atento as orientações que contam no manual do proprietário.

CIMA Motor

CIMA Motor

CIMA Motor: a feira

A Feira Internacional da Motocicleta na China se realiza anualmente desde 2002. Esta feira tornou-se uma plataforma importante para a apresentação de marcas, comercialização de produtos, transferência de tecnologias, difusão cultural e informação relacionada com a indústria internacional da motocicleta.

Nova Edição CIMA Motor

  • De  até 
  • Local: Chongqing International Expo Center
  • Cidade: Chongqing
  • País: China
  • Mais informação: CIMA Motor

Organizador de CIMA Motor

  • SPX-CQ ONUDI
  • No.269, Keyuansi Road, High-Tech Development Zone, Chongqing, China,Chongqing (China)

 

http://www.nfeiras.com/motor/

Nota
Imagens meramente ilustrativas.
Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da Hulk Equipamentos Automotivos Ltda ou do criador original do material. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser propriedade de outras empresas.

Veteran Car Club Brasil – CE

Veteran Car Club Brasil – CE

Graças à iniciativa dos oito primeiros, cujos nomes e fotos estão em destaque no Salão de exposição, que fundaram em 20 de Abril de 1973, o Clube de Calhambeque do Ceará, ma Pizzaria Miramar, à Avenida Aquidabã – Praia de Iracema.

Em dezembro de 1976 houve a mudança de denominação. A partir daí, novos admiradores de carros antigos foram se associando. Não tinha sede, as reuniões e exposições eram nômades e aconteciam em vários pontos de Fortaleza, sendo as últimas na Praça do Hospital Militar, à Av. Desembargador Moreira. Por gentileza de um associado, que emprestou sua sala na Rua Pinho Pessoa, funcionou uma sede provisória, até a inauguração do Museu.

Houve uma exposição de carros antigos em junho de 1979, no Náutico Atlético Cearense, em comemoração ao seu cinquentenário. Abriu a exposição o prefeito de Fortaleza, Dr. Lúcio Alcântara. Na ocasião ele recebeu uma comissão de associados do Veteran, que lhe solicitou a construção do Museu do Automóvel. Após a análise visando o turismo, o projeto se viabilizou contando com o apoio do governador Virgílio Távora.

Recursos escassos, nova comissão foi instituída, para conseguir apoio financeiro para o projeto, junto a empresas cearenses. Doze empresários colaboraram para viabilizar o sonho. Há na entrada do museu uma placa de bronze homenageando estas empresa.
Finalmente após muito esforços o sonho se concretiza, no dia 03 de Julho de 1981. É inaugurado o primeiro Museu de Automóveis do Brasil, construído especialmente para este fim. A solenidade contou com as presenças do Governador do Ceará, seu Vice, Prefeito de Fortaleza e outras autoridades especialmente convidadas.

http://museudoautomovelce.com.br/site/

cvc

Nota
Imagens meramente ilustrativas.
Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da Hulk Equipamentos Automotivos Ltda ou do criador original do material. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser propriedade de outras empresas.