,!--BING Your SEO optimized title-->
Previna-se Antes das Férias, Faça a Manutenção Preventiva

Previna-se Antes das Férias, Faça a Manutenção Preventiva

As férias de Julho de final de ano foram-se, mas, as férias de final de ano não demoram a chegar, e o que fazer com o carro que passa mais tempo na garagem do que andando? Tem como confiar nele e colocar na estrada?

O bom é não correr riscos desnecessários! Previna-se fazendo manutenção preventiva, antes das férias chegarem!

Veja quais são os itens que merecem atenção por parte do motorista:

 

 Pneus:

Previna-se fazendo manutenção preventiva, antes das férias, como a calibragem nos pneus e no estepe. No caso de notar vibrações, ou, direção puxando, é preciso procurar um Auto Center para fazer o alinhamento e o balanceamento também.

Combustível e lubrificantes

O ideal é sempre abastecer em postos de bandeiras conhecidas, procure não deixar o mesmo combustível parado no tanque por muito tempo, senão, cria detritos no fundo;

Radiador 

Quando o radiador superaquece, pode até rachar, além de danificar outras peças. Na manutenção preventiva, antes das férias, verifique também a válvula termostática, do radiador, da sistema d’água, da ventoinha, os marcadores de temperatura do painel, e previna-se trocando o líquido de arrefecimento do motor;

Filtro de ar, óleo e combustível

O óleo também fica velho. Sempre que trocar, precisa substituir também o filtro de ar, senão, o lubrificante pode ser deteriorado rapidamente;

Suspensão

Esta é a parte onde a estabilidade do veículo pode ser comprometida durante a viagem. Previna-se fazendo manutenção preventiva inclusive nas molas, buchas, bandejas, pivôs e terminais.

Correia Dentada

A correia dentada deve ser substituída a cada 50 mil km, mas, fazendo manutenção preventiva, antes das férias, previna-se fazendo já a partir dos 20 mil km, assim, evita o aparecimento de problemas futuros.

Limpador de para-brisas

As borrachas das palhetas tendem a ficar endurecidas, devido à falta de chuva e do sabão na lavagem do carro. Antes de viajar troque-as. Cheque também as hastes.

Sistema Elétrico, Velas e Cabos 

A parte elétrica deve ter manutenção preventiva também, Não esqueça dos faróis, bateria, motor de partida, alternador, e todas as lâmpadas e fusíveis. As velas devem ser substituídas de preferência a cada 10 mil km e os cabos a cada 50 mil km.

 

Falhas nestas partes, pode ser sinônimo de carro parado no meio da estrada! Previna-se, antes das férias!

O Primeiro Automóvel no Brasil

O Primeiro Automóvel no Brasil

O Brasil é um dos primeiros países do mundo a conhecer um protótipo do automóvel. Em 1871, antes de Amédée Bollée, na França, dedicar-se à fabricação de veículos, a Bahia recebia um carro que se auto-movia.

A Bahia tem, entre outras, duas primazias:  foi a primeira capital do Brasil e ganhou o primeiro automóvel brasileiro.

A cidade de Salvador era uma cidade importante, rica e “chique” que é como se dizia na época. As famílias mais destacadas usavam a cadeira de arruar ou os corcéis, que eram tratados com carinho especial – quando o Sr. Francisco Antonio Pereira Rocha importou seu “automóvel”.

Eis como era o monstro: uma máquina enorme, pesada e barulhenta, parecia com os atuais rolos compressores de pavimentação, mas com uma quinta roda na frente, responsável pela sua direção. Era movido a vapor e estava ligado a um carro destinado a acomodar os passageiros, que, na sua roupa mais elegante, levantavam a cabeça, soberbos do progresso de sua viatura.

O carro rodou por Salvador, para espanto do povo que enchia as ruas para ver a novidade. Um dia alguém desafiou o Dr. Rocha, dizendo que aquele monstrengo só andava no plano. Queria ver se subia ladeira.

 

O homem pulou na defesa de seu automóvel. O outro teimou. Então foi fechada uma aposta: iria à praça do Mercado, subiria a Ladeira da Conceição da Praia e chegaria à Praça do Palácio.

A notícia correu célere. Todo mundo tomou conhecimento da aposta, e muitas apostas mais surgiram, uns defendo o carro do Dr. Rocha, outros achando que ele, tão pesado e sem nada que o puxasse, não agüentaria a ladeira.

No dia combinado, o Dr. Rocha montou no veículo. O povo comprimia-se ao redor do monstrengo. O bicho resfolegou e começou a andar. Encaminhou-se para a Ladeira. Um momento de ‘suspense”. Parece que o bicharoco nem deu pela mudança de nível: foi subindo vagarosa mas firmemente. Quando despontou na Praça do Palácio, o povo que estava nas janelas e enchia a rua, prorrompeu em aplausos.

O Dr. Rocha ganhou a aposta e muita popularidade. Não se falou noutra coisa durante muito tempo.

Umas das coisas que mais impressionaram o baiano, no caso do automóvel primitivo, foi o fato de ele ter as rodas cobertas de borracha. Tanto assim que logo surgiu uma quadrinha popular, que ficou no folclore baiano muito tempo. Dizia ela:

“Havemos de ver dos dois

O que aperta ou afrouxa:

Do Lacerda o “parafuso”

Ou a “borracha” do Rocha

 

O parafuso do Lacerda é o ascensor da época ligando a Cidade Baixa à Cidade Alta. A borracha do Rocha é o primeiro automóvel de rodas de borracha, do Dr. Francisco Antonio Pereira Rocha.

O fim da primeira excursão do carro brasileiro foi melancólico: de volta de uma excursão ao Rio Vermelho, à margem do Dique, partiu-se uma peça do veículo.

Os passageiros não tiveram outro recurso senão voltar de trole: vieram para a cidade num dos troles da “Trilhos Centrais”.

Segundo algumas informações, não confirmadas, o automóvel a vapor do Dr. Rocha teria ido ao Rio Grande do Sul.

Se isso é verdadeiro, foi a velha caranguejola arrancar mais aplausos e espantos. Agora nos pampas.

 

 

Nota
Imagens meramente ilustrativas.
Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da Hulk Equipamentos Automotivos Ltda ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.
Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu veículo.

Como economizar combustível

Como economizar combustível

Com o preço do combustível subindo a cada momento, o brasileiro tem que aprender a fazer economia de alguma maneira, e como não tem como deixar o carro na garagem e ir de ônibus para todos os cantos, o segredo é gastar menos, mas, como economizar combustível?

Saiba como economizar combustível, é fácil!

Basta adotar a partir de agora algumas atitudes bem simples que podem fazer a diferença após 30 dias, tempo suficiente para conseguir perceber no bolso, assim, que conferir em quanto conseguiu esticar a quilometragem com a mesma quantidade de combustível!

Conheça essas atitudes simples que podem reduzir o consumo!

Pneus calibrados

Para quem tinha dúvidas, é fato comprovado que o pneu descalibrado, ou, baixo demais, provoca um gasto muito maior de combustível!

Quando o carro trafega com os pneus descalibrados, as vezes algum murcho, consome muito mais energia, já que precisa gerar mais força e aumenta as rotações do motor para desenvolver a velocidade desejada, tudo isso, faz o consumo de combustível aumentar até 25%, ou seja, calibrando os pneus a cada 7 dias, pode gerar uma boa economia!

Cuidado com excesso de peso

Essa história de dar carona aos amigos na saída do trabalho, pode acabar sendo prejudicial ao bolso do motorista também, por isso, ratear as despesas da conta do combustível pode ser a saída, entenda porque:

O carro quando mais peso tiver durante o trajeto provoca um aumento maior na força necessária para sua locomoção, isso significa que a cada 50 kg a mais de peso, equivale a 1% de aumento no consumo do combustível a cada quilômetro rodado.

O interessante é que para economizar combustível, não é apenas ao excesso de peso das pessoas que precisa evitar, porque muita gente usa o porta-malas para guardar objetos grandes e pesados que as vezes não tem onde acomodar na garagem, por isso, uma dica de ouro, limpe o quanto antes o porta-malas do carro, e sinta a diferença ao abastecer!

Trafegue com as janelas fechadas

É muito gostoso andar pelas estradas num dia ensolarado com as janelas do carro abertas, não é mesmo?

Só que estamos falando em como economizar combustível, e nesse caso, as janelas do carro abertas provocam a entrada do ar no veículo, provocando o aumento do atrito com o ar, e assim, diminuindo a resistência aerodinâmica, o resultado disso tudo, é o aumento no consumo de combustível que se esforça para aumentar a potência e giros do motor! Quer economizar mais 10% de combustível? Fácil também! A partir de agora, só ande com as janelas fechadas, isso, pode conferir uma economia de mais 10%!

Tem como economizar combustível com o carro no ponto morto?

Tem gente que se acha esperta, e deixa o carro na banguela, ou, no ponto morto quando está numa descida, principalmente nas serras, isso, além de ser uma atitude totalmente perigosa pois, o carro fica solto devido estar sem marcha engrenada, gera ainda, um gasto maior de combustível!

Acontece que o carro precisa estar engatado mesmo na descida, assim, gasta menos combustível do que se estivesse em ponto morto, e esse gasto elevado também é observado quando as marchas são esticadas demais, antes de serem trocadas, já que força o motor a trabalhar mais.Resumindo é possível economizar combustível também trocando as marchas no tempo certo que o motor pede, sempre de forma suave para não exigir demais do veículo.

Fique de olho no combustível

Mediante tantas fraudes que envolvem os postos com combustíveis adulterados, isso, é um problema sério que envolve atualmente várias bandeiras de marcas famosas.

Então, tem que ficar esperto e evite abastecer nos postos de combustíveis que tem o preço abaixo da concorrência, principalmente quando a mesma bandeira oferece preços mais elevados, pois, abastecer com combustível adulterado, além de gastar mais, deixa sujeira no tanque, no motor, e compromete a vida útil do carro.

Atenção no trânsito

Seu comportamento no trânsito é fundamental para economia de combustível. Próximos aos semáforos, por exemplo, diminua a velocidade se o sinal estiver vermelho. Assim, não é preciso parar completamente e a retomada da velocidade será mais suave. Evite aquele ziguezague entre os carros. Isso só causa estresse e aceleradas desnecessárias. E abandone o hábito de acelerar o carro antes de desligá-lo. E principalmente, seja paciente, motorista estressado gastam quase o dobro de combustível.

 

 

Nota
Imagens meramente ilustrativas.
Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da Hulk Equipamentos Automotivos Ltda ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.
Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu veículo.