,!--BING Your SEO optimized title-->

Não foram somente os homens que marcaram presença na trajetória do automóvel, algumas mulheres fizeram história no automobilismo também, assim, como nos dias atuais muitas estão fazendo um papel importante na sociedade, como algumas brasileiras por exemplo, é só conferir!

Bertha Benz

Foi graças a Bertha Benz que o automóvel ficou popular, por isso, ficou conhecida como a “mãe” do automóvel, além disso, foi o primeiro piloto de teste da história!

Casada com Karl Benz, no ano de 1888, Bertha dirigiu o Patent-Motorwagen Nº 3, fazendo a primeira viagem de longa distância com veículo motorizado com seus dois filhos, percorrendo cerca de 104 km entre as cidades de Mannheim e Pforzheim.

E como tudo era novidade, enfrentou vários problemas pelo caminho!

Chegou inclusive, a usar um prendedor de cabelos para desobstruir o tubo de combustível que entupiu, isso, permitiu que sugerisse melhorias no carro, como o uso de uma terceira marcha por exemplo, após ter dificuldade para subir uma ladeira com o veículo que tinha somente duas marchas!

Bertha Benz também deu origem a invenção da lona de freios.

Duquesa d’Uzés

A 1 ª habilitação para uma mulher dirigir, foi conseguida em 1898, na França, pela Duquesa Anne d’Uzés e passado 2 meses, conquistou outra façanha, claro, que nos dias de hoje, esse ninguém quer, foi a primeira mulher a receber uma multa de trânsito, por excesso de velocidade!

Imaginem só, o limite na época, era de 12 km/h, e ela passeava tranquilamente a 15 km/h, na época deveria ser algo inaceitável, uma mulher dirigindo e em alta velocidade!

Talvez, por esse motivo, fundou o primeiro clube feminino do automóvel da França!

 

Maria José Pereira Barbosa Lima e Rosa Helena Schorling

Aqui no Brasil em 1932, foi o ano em que as primeiras mulheres tiraram habilitação para dirigir automóvel, foram elas, Maria José Pereira Barbosa Lima, e Rosa Helena Schorling, primeira paraquedista do País, e no ano seguinte em 1933, também tirou carta de moto!

Mary Anderson

O 1º limpador de para-brisa foi inventado em 1903 pela norte-americana Mary Anderson, que durante uma viagem a Nova Iorque viu que os condutores dos bondes precisavam abrir as janelas sempre que chovia.

Por isso, teve a ideia de criar um braço com ponta de borracha onde os condutores poderiam usar de dentro dos bondes por meio de uma alavanca, esta invenção acabou sendo equipamento obrigatório nos veículos nos EUA em 1916.

Madame Camille Du Gast

A primeira mulher a participar de um rali em 1901 foi a francesa Madame Camille Gamond Du Gast, entre as cidades de Paris e Berlim.

Ela dirigia um Panhard-Levassor de 20 cv que não era preparado para corridas, mesmo assim, percorreu 1.105 quilômetros, largando em 122º lugar e terminando em 33º na classificação geral. A prova durou 25 horas e 30 minutos.

Maria Teresa de Filippis

Maria Teresa de Filippis foi a 1ª mulher a participar da Fórmula 1 entre 1958 e 1959, e seu melhor resultado foi 10º lugar no Grande Prêmio da Bélgica em 1958.

Lella Lombardi

Lella Lombardi também dirigiu na fórmula 1, entre 1974 e 1976, seu melhor resultado foi no Grande Prêmio da Espanha em 1975, quando terminou na 6 ª colocação, e foi também a primeira mulher a pontuar na categoria.

Giovanna Amati

A italiana Giovanna Amati foi a última mulher a participar da Fórmula 1, em 1992, quando tentou se classificar nas três primeiras corridas da temporada pela extinta Brabham, como não conseguiu, abandonou a categoria e foi substituída por Damon Hill.

Danica Patrick

Danica Patrick é atualmente piloto da Nascar, e tem o título de mulher mais bem-sucedida no automobilismo!

Ela é norte-americana, e é a 1 ª mulher a conquistar a Pole Position, a primeira posição no grid de largada na Nascar, com vitória obtida no ano de 2013 na prova Daytona 500, a mais importante e tradicional da categoria!

Além disso, ganhou o título de primeira mulher a vencer uma corrida na Fórmula Indy em 2008, e foi também a primeira a subir ao pódio na famosa corrida das 500 Milhas de Indianápolis em 2009 chegando em 3 º lugar!

Mary Barra

Mary Barra, assumiu o cargo de presidente-executiva global da GM em janeiro de 2014, por isso, ficou conhecida como a primeira mulher na história a liderar uma montadora!

Na GM, o histórico de mulheres no comando é grande, como a subsidiária brasileira que já foi comandada por duas norte-americanas, Denise Johnson, que ficou no posto por apenas oito meses entre os anos de 2010 e 2011, e Grace Liblein, que liderou a GM do Brasil entre os anos de 2011 e 2012.

E como não podia ser diferente, a mulher brasileira mais uma vez marca presença com a brasileira Isela Costantini que ocupa destaque nas operações da GM na Argentina, no Uruguai e no Paraguai, por isso, foi escolhida como “CEO do Ano 2015” na Argentina!

 

 

Nota
Imagens meramente ilustrativas.
Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da Hulk Equipamentos Automotivos Ltda ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.
Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu veículo.